• Guilhoché…

    ...sinto-me como um ornato composto de traços ondeados que se cruzam e entrelaçam com simetria; tentando me redescobrir e me reinventar sem perder a essência. Com essa probidade, quero, aqui, manter em mim esse vento de espírito jovem, essa curiosidade infantil em relação ás coisas, essa espécie de encantamento em relação ao ser humano. Quero crer que somos muito maiores e mais interessantes que as barreiras que o mundo impõe e que os limites que a vida oferece. Acredito na transformação dos sentimentos e no melhor de cada um. Quero que minha inspiração esteja sempre afiada; colocando em harmonia instinto, alma, criatividade, percepção e uma dose de crítica, que pra mim funciona como uma espécie de veneno destilado. De certa forma, viver, também é seguir essa premissa. O veneno que me refiro é aquele acompanhado de uma grande quantidade de conhecimento, que servirá para discernirmos opiniões. Enfim, se você quer se redescobrir e compartilhar instantes, detalhes e informações; venha fazer parte do meu mundo!
  • Categorias

  • Twitter Valéria

    • WWF- Brasil shar.es/15OaIJ 2 years ago
    • Mamãe coruja...to babando!! 7 years ago
    • Gente Boa; só passei pra contar que o bebê é MENINO!! hEHEHE!! Agora, faltam 3 meses e meio...hahaha 7 years ago
    • Estaremos no Politicom com o tema "Marketing político e redes sociais"...hehehe!! 7 years ago
    • "O carvalho não cresce à sombra do cipreste, e o cipreste não consegue crescer à sombra do carvalho"... 7 years ago
  • Face Valéria Amoris

  • Anúncios

DIA A DIA

Girassol

“A felicidade humana geralmente não se

consegue com grandes golpes de sorte, que

poucas vezes acontecem, mas com

pequenas coisas que acontecem todos os

dias”, Benjamin Franklin.

Anúncios

LULA ESTÁ EM BAIXA

presidente Luiz Inácio Lula da Silva

presidente Luiz Inácio Lula da Silva

A atuação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva diante da crise do Senado; do envolvimento da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, na crise da Receita Federal e a gripe suína foram um dos fatores da queda na avaliação do governo e de Lula. Entretanto, só esses acontecimentos não são suficiente pra fazer um presidente populista perder “estrelinhas” junto a seus “súditos fieis”. Outro caso aliado pra essa queda foram as “boas” companhias as quais nosso Lulinha anda cercado. Ele está na fase daquele dito popular “me digas com quem andas e te direis quem és”… como disse meu querido amigo, Ajan, um homem que admiro e respeito muito (ele foi o responsável por hoje eu ser apaixonada por política), “quem anda com Sarney, Maluf, Quércia, Jader Barbalho, Renan Calheiros e tantos outros, o que é?????”.

lula refletindo Além disso, no nosso país não existe oposição. A oposição é quem não está no poder. Assim, também, cito um trecho de um texto do jornalista, Reinaldo Azevedo, que relatou em seu blog “a oposição não tem rosto, e os rostos personalizados da oposição, nas questões que contam, são quase todos variações em torno do mesmo Lula. Fica-se diante de um círculo que se vai auto-alimentando: ninguém bate em Lula porque ele é popular, e, em parte ao menos, ele é popular porque ninguém bate nele. Jamais um presidente foi tão preservado de seus erros como o petista. O governo surge, inclusive em boa parte da imprensa, como aquele que só acerta”.

Porém, os “acertos” hipotéticos já estão caindo por terra. A imagem do metalúrgico que virou presidente e ajudou os menos favorecidos realizarem seus sonhos; só vai entrar pra história. Porque os necessitados continuarão a sonhar, agora mais desiludidos visto que os sonhos não foram realizados; os empregos não surgiram como deveriam e muita esmola foi dada. Em outras palavras, bem coloquiais “os petistas deram o peixe, mas não ensinaram o povo a pescar”.

Por fim, encerro o post com duas reflexões que na verdade se completam:

“No mundo da ciência muitas vezes se escuta um cientista dizer “Esse é um bom pensamento. Minha teoria estava errada”, e mudar o enfoque para descobrir coisas novas. No entanto, não me lembro à última vez em que um político ou, um religioso tenha dito o mesmo”, Carl Sagan.

“A política tem a sua fonte na perversidade e, não na grandeza do espírito humano”, Voltaire.

Pense nisso. E lembre-se que 2010 já é “amanhã”…

SENADO DECIDE SE RESTRINGE COBERTURA ELEITORAL DA INTERNET

Retrato do Povo Brasileiro

Retrato do Povo Brasileiro

 

MAIS UMA “PEROLA” DO SENADO…

Acordo fechado hoje (09) entre o Senado e a Câmara decide se haverá ou não restrições à internet na eleição do próximo ano e, consequentemente, durante os períodos eleitorais que estão por vir no Brasil. A proposta vai à votação no plenário a partir das 16h. Se as sérias restrições pra não dizer, impraticáveis, ao livre uso da internet forem aprovadas, a censura à web se dará a partir de 5 de julho.

Os senadores Marco Maciel (DEM-PE) e Eduardo Azeredo (PSDB-MG), relatores da reforma eleitoral, mudaram as regras sobre a internet no relatório final, mas mantiveram a maioria das restrições

Pela nova proposta, os sites terão de seguir as mesmas regras de debate aplicadas à TV e Rádio. Ou seja, terão de chamar ao menos dois terços dos candidatos e todos integrantes de partidos que tem ao menos 10 deputados federais.

Sites também estarão proibidos de “dar tratamento privilegiado a candidato, partido ou coligação, sem motivo jornalístico que justifique”. Em outras palavras, estarão impedidos de declarar apoio a um ou outro candidato. Porém, como definir o que é “motivo jornalístico que justifique”? Tá na cara que a Justiça Eleitoral será sempre pressionada a decidir contra os portais, sites e blogs.

Segundo informação do site UOL, o direito de resposta também estará previsto em qualquer blog de pessoa física, no Twitter e em redes sociais, como Orkut e Facebook.

Entretanto, de acordo com matéria publicada pela jornalista, Eugênia Lopes, da Agência Estado, a censura não atinge, no entanto, os blogs assinados por pessoas físicas, as redes sociais (como Orkut), sites de interação e de mensagens instantâneas (como o twitter).

Isso, porque os senadores Arthur Virgilio (PSDB-MG) e Aloizio Mercadante (PT-SP), líderes dos seus respectivos partidos no Senado, pretendem conversar com suas bancadas para tentar derrubar esse trecho e manter a liberdade total na cobertura eleitoral na internet. Uma emenda de Mercadante retira o trecho que contém as restrições na proposta.

Virgilio declarou ter esperança que, caso a lei seja aprovada no Congresso Nacional, ela possa ser futuramente revogada no judiciário.

Também, pessoal, é só raciocinar um pouco. Presta atenção na bagunça que esses “Senhores” estão fazendo: há um trecho que aborda a Tentativa inócua de atenuar a censura: a proposta de lei estabelece que “é livre a manifestação do pensamento, vedado o anonimato e assegurado o direito de resposta, em blog assinado por pessoa física, rede social, sítio de interação e de mensagens instantâneas e assemelhados, e em outras formas de comunicação interpessoal mediante mensagem eletrônica, não lhes aplicando o disposto nos incisos II e III deste artigo”.

Oras bolas, pra que complicar a vida da gente?! Veja bem; os incisos II e III são as restrições já mencionadas acima. Não é, ou estou louca?! Como disse o jornalista, Fernando Rodrigues, em seu blog: “mas se um “blog assinado por pessoa física” não existe sozinho na natureza. Estará sempre hospedado em 1 portal comercial. Se esse portal comercial resolver dar destaque em sua home page ao “blog assinado por pessoa física”, o que acontece? É evidente que a confusão só vai aumentar”.

Pra que simplificar se pode complicar; né?! Além disso, está mais que claro, que a intenção dos nossos “digníssimos” políticos é restringir totalmente a liberdade de opinião na Internet. Só pra exagerar um pouquinho, logo, logo, voltamos a Ditadura.

Todavia, contrário ao acordo já firmado, o líder do PT no Senado, Aloizio Mercadante (SP), relatou a imprensa que vai tentar manter emenda à reforma eleitoral que tira qualquer restrição ao uso da Internet durante a campanha. “A minha tese é que a Internet tem que ser totalmente livre”, afirmou o petista durante uma coletiva. Porém, Mercadante crê que sua tese será derrubada na votação de hoje no plenário do Senado. “O mais provável é que vença a posição dos relatores, que estão enquadrando os sites de notícia da Internet às mesmas regras de jornais e revistas”, declarou Mercadante.

Caso a proposta seja votada, as novas regras não entram imediatamente em vigor. Para ter validade nas eleições de 2010, o projeto precisa ser aprovado no plenário do Senado, voltar à Câmara dos Deputados, ser sancionado pelo presidente Lula e ser publicado no Diário Oficial até o dia 3 de outubro – exatamente um ano antes da próxima eleição.

Abaixo segue matéria publicada na integra do site UOL, ou acompanhe no link: http://noticias.uol.com.br/politica/2009/09/09/ult5773u2392.jhtm

Proposta é resposta ao TSE
A proposta surgiu na Câmara depois do fracasso da tentativa de aprovar uma reforma mais profunda e estrutural. A chamada “reforma política” estabeleceria o voto em lista fechada por partidos políticos e o financiamento público de campanha.

Azeredo e Maciel deixaram claro que pretendem diminuir a atuação do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Nos últimos anos, o tribunal regulamentou o uso da internet nas eleições, pois não havia legislação sobre assunto.

O tribunal tomou decisões impopulares entre os congressistas nos últimos anos, como o entendimento de que o mandato pertence ao partido e não ao detentor do cargo.

Fichas sujas e doações ocultas
A proposta mantém as candidaturas de políticos com pendências na Justiça e as doações indiretas e ocultas aos candidatos.

Os candidatos com contas rejeitadas ou que respondam a processo que não foi julgado em última instância poderão concorrer às eleições.

As doações poderão ser feitas aos partidos e repassadas aos candidatos pelos respectivos comitês. Dessa forma, o eleitor fica impedido de saber quem doou ao candidato e a Justiça Eleitoral terá dificuldades de descobrir as eventuais irregularidades.

A prática já é legal. Por meio do novo texto, entretanto, a possibilidade será detalhada e o TSE estará impedido de impor qualquer restrição nesse sentido.

brasileiros fazem papel de idiota

É UM ABSURDO. NO MÍNIMO VAMOS TENTAR MUDAR ISSO MINHA GENTE?! LEIAM A MATÉRIA QUE PUBLIQUEI ONTEM ”CAMPANHA FICHA LIMPA” E FAREMOS NOSSA PARTE.

 

Campanha
A propaganda eleitoral será permitida nos blogs, sites, comunidades e outros veículos de comunicação do próprio candidato.

A propaganda paga em outros sites só será permitida aos candidatos à Presidência. Candidatos a outros cargos estarão proibidos de fazer esse tipo de propaganda.

A proposta acaba ainda com a exigência de sites de políticos no domínio “.can.br”. Para não sofrerem sanções, os candidatos terão de registrar seus sites em outros domínios no TSE.

POR FIM, PERGUNTO: POR QUE SERÁ QUE HOUVE UMA QUEDA, MUITO NEGATIVA,  NA  POPULARIDADE DE LULA??!

Pesquisas: site UOL notícias, jornal Folha de São Paulo e Agência Estado.

INTERNET NA REFORMA ELEITORAL

azeredo-marioav

 

COMO FICARÁ O TRECHO SOBRE INTERNET

NA REFORMA ELEITORAL

 

Segue na íntegra a emenda que os relatores do projeto apresentarão durante a votação em plenário:

Emenda Nº – PLEN
(ao PLC 141 de 2009)

Dê-se ao novo art.57-D da Lei 5.904, de 1997, e seus parágrafos, nos temos do art. 3º do Substitutivo ao PLC 141 , de 2009, a seguinte redação:

“Art. 3º ……………………………………
“Art. 57-D. Às empresas de comunicação social na Internet e aos conteúdo próprios dos provedores, a partir do dia 5 de julho do ano da eleição, é vedado:
I – veicular imagens de realização de pesquisa ou consulta popular de natureza eleitoral que permita a identificação de pessoa entrevistada ou que contenha manipulação de dados, ainda que sob a forma de entrevista jornalística;
II – fazer propaganda eleitoral de candidato, partido político ou coligação;
III – dar tratamento privilegiado a candidato, partido ou coligação, sem motivo jornalístico que justifique;

§ 1º A violação dos disposto neste artigo sujeitará o responsável pela divulgação da propaganda e, quando comprovado seu prévio conhecimento, o beneficiário à multa no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) a R$ 30.000,00 (trinta mil reais).

§ 2º É facultada às empresas de comunicação social e aos provedores a veiculação de debates sobre eleições na internet, observando o disposto no art. 46.

§ 3º É livre a manifestação do pensamento, vedado o anonimato e assegurado o direito de resposta, em blog assinado por pessoa física, rede social, sítio de interação e de mensagens instantâneas e assemelhados, e em outras formas de comunicação interpessoal mediante mensagem eletrônica, não lhes aplicando o disposto nos incisos II e III deste artigo.”

JUSTIFICAÇÃO
A emenda substitui pela redação acima, a remissão do art. 45 da Lei 9.504, de 1997, constante do caput do art. 57-D, proposto e aprovado pela Câmara dos Deputados. Assim a emenda vem dar maior clareza e concisão do dispositivo dentro do que se pretende para a propaganda eleitoral e a cobertura jornalística pelos veículos de comunicação na internet.

Sala de Sessões, 2009

Senador MARCO MACIEL
e-mail: marco.maciel@senador.gov.br
Senador EDUARDO AZEREDO
e-mail: eduardoazeredo@senador.gov.br

SENTIMENTO

Barco

“As paixões são os ventos que enfunam as

velas dos barcos, elas fazem-nos naufragar,

por vezes, mas sem elas, eles não poderiam

singrar”, Voltaire.

O TEMPO PASSA

Luiz

Luiz

Recebi esse e-mail do meu querido amigo, Luiz, que vive me aprontando cada uma…rsrs!!

Achei engraçado e decidi dividi-lo com você. O legal está na criatividade dos cartunistas.

As idéias são ótimas e a lei da gravidade assustadora…hahaha….

Barbie com 50 anos; Piu Piu fez 60 semana passada e por aí vai

Barbie com 50 anos; Piu Piu fez 60 semana passada e por aí vai

Mulher Maravilha

Mulher Maravilha

A vida é curta; quebre regras; perdoe rapidamente;
beije lentamente; ame de verdade; ria descontroladamente;
e nunca pare de sorrir, por mais estranho que seja o motivo. E lembre-se que não há prazer sem riscos.

A vida pode não ser a festa que esperávamos, mas uma vez que estamos aqui, temos que comemorar!!                  
Aprecie….

CAMPANHA FICHA LIMPA

Maira

Maira

E não é que nossa querida amiga expatriada que é tudo de “bão”; Maira, sai na frente…rsrs. A mulher vem lá da Alemanha pra passar férias aqui e já está mais informada que nós….pelo menos eu não sabia dessa campanha. Por isso, pessoal, estou compartilhando as informações colhidas pela Maira, durante seu tour a avenida Paulista, aqui, sobre a Campanha Ficha Limpa.

Segue texto na integra da Maira Engelmann, do Retratos e Relatos:

Campanha Ficha Limpa

Andando na galeria, Centro Comercial (av.Paulista), me deparei com a placa da foto acima: “Se você quer que só pessoas com ficha limpa possam se candidatar nas eleições assine aqui!”. Olhei meio desconfiada (como todos brasileiros já sem esperança), passei, dei uns 10 passos pesados e culpados, voltei, me informei e decidi exercer minha cidadania: assinei o formulário a favor do projeto que irá me beneficiar, que irá te beneficiar, que irá nos beneficiar e que irá beneficiar a todos nossos descendentes. Voltei porque acredito no Brasil. Voltei porque cansei de ser passiva e acomodada. Voltei porque reclamar não soluciona nada, mas agir sim. Voltei porque às vezes é preciso voltar um pouco, para avançar muito.

A Campanha Ficha Limpa foi lançada em abril de 2008 com o objetivo de melhorar o perfil dos candidatos e candidatas a cargos eletivos do país. Para isso, foi elaborado um Projeto de Lei de iniciativa popular sobre a vida pregressa dos candidatos que pretende tornar mais rígidos os critérios de inelegibilidades, ou seja, de quem não pode se candidatar. A idéia é proibir que candidatos com processos mesmo não concluídos, não possam se candidatar, afinal é sabido que o processo de julgamento dura uma eternidade e, normalmente, todos saem impunes, podendo voltar a se candidatar mesmo quando o processo ainda está correndo. Essa ação é uma ação PREVENTIVA, ou seja, uma forma de evitar que se chegue ao processo de pedido de cassação dos safados. E é, principalmente, por isso que apoio, pois é uma ação inteligente que age antes que o problema crie raízes no congresso.

O Projeto de Lei de iniciativa popular precisa ser votado e aprovado no Congresso Nacional para se tornar lei e passar a valer em todas as eleições brasileiras. Para isso, é preciso que 1% do eleitorado brasileiro assine esse Projeto, o equivalente a um milhão e trezentas mil assinaturas. Segundo a senhora que estava no local onde assinei o projeto, já foi coletado 1 milhão e 100 mil assinaturas, faltando apenas 200.000.

Veja o vídeo de 10 minutos explicando tudo sobre o projeto:

Quer saber mais? Entre nesse site: http://www.mcce.org.br/node/15

Aqui você se informa sobre todas ações relacionadas ao projeto e também pode se informar sobre postos de coleta de assinaturas próximas à você: http://campanhafichalimpasp.blogspot.com/search/label/Postos%20de%20Coleta

Agora se você está pensando: “Xiii isso daí não vai dar em nada, como tudo no Brasil”. Me perdoe, mas com essa atitude você NUNCA vai realmente mudar nada, pois é mais cômodo encontrar culpados, do que a nossa própria culpa. A culpa por ser omisso. A culpa por não exigir NADA e cobrar TUDO.

Eu assinei porque eu acredito. E você? Não tem tempo? É só imprimir o formulário que encontra no site oficial do movimento, preencher os dados em menos de 5 minutos e enviar pelo correio para o endereço que está no site. Pouco tempo, custa pouco e você participa desse processo mal utilizado chamado democracia.

Assina Brasil!!