• Guilhoché…

    ...sinto-me como um ornato composto de traços ondeados que se cruzam e entrelaçam com simetria; tentando me redescobrir e me reinventar sem perder a essência. Com essa probidade, quero, aqui, manter em mim esse vento de espírito jovem, essa curiosidade infantil em relação ás coisas, essa espécie de encantamento em relação ao ser humano. Quero crer que somos muito maiores e mais interessantes que as barreiras que o mundo impõe e que os limites que a vida oferece. Acredito na transformação dos sentimentos e no melhor de cada um. Quero que minha inspiração esteja sempre afiada; colocando em harmonia instinto, alma, criatividade, percepção e uma dose de crítica, que pra mim funciona como uma espécie de veneno destilado. De certa forma, viver, também é seguir essa premissa. O veneno que me refiro é aquele acompanhado de uma grande quantidade de conhecimento, que servirá para discernirmos opiniões. Enfim, se você quer se redescobrir e compartilhar instantes, detalhes e informações; venha fazer parte do meu mundo!
  • Categorias

  • Twitter Valéria

    • WWF- Brasil shar.es/15OaIJ 3 years ago
    • Mamãe coruja...to babando!! 7 years ago
    • Gente Boa; só passei pra contar que o bebê é MENINO!! hEHEHE!! Agora, faltam 3 meses e meio...hahaha 7 years ago
    • Estaremos no Politicom com o tema "Marketing político e redes sociais"...hehehe!! 8 years ago
    • "O carvalho não cresce à sombra do cipreste, e o cipreste não consegue crescer à sombra do carvalho"... 8 years ago
  • Face Valéria Amoris

  • Anúncios

O POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE

Em outubro, meu amigo e jornalista, Cleber Juliano blogou um de meus comentários. Amei é claro!! Porém, esse comentário que fiz sobre a política (principalmente onde cito Santo André) me rendeu muitos e-mails particulares. Por isso, estou postando em “meu mundo” um artigo que li e utilizei como resposta ao post “O demago”, do Cleber. Com isso, mais uma vez deixo claro e evidente que estou aberta a críticas e, principalmente, a troca de conhecimento, informações, ou se preferir, ideologias….enfim, aproveite.

Apesar das mazelas e da corrupção que afetam este país sou obrigada a concordar com aquele dito: “o povo tem o governo que merece”. Eu diria que não só o governo. O povo tem tudo o que merece. Se o povo tem o governo que merece, conseqüentemente, o povo está sujeito aos planos de governo deste governo que é o representante legal desse povo. Li isso no texto que segue, na íntegra, do blog do profº Marco Antonio do Nascimento, onde ele aborda muito bem essa questão conflitante para muitos; porém realista. Eu concordo plenamente, por isso compartilho esse momento e o maravilhoso artigo esperando que haja uma reflexão de sua parte visto que as eleições estão aí. Vamos a leitura:

“Vivemos em um país democrático. Onde o povo é quem detém o poder e o direito de decidir. Mas nem sempre o faz de forma sensata. O povo sabe o que é melhor para si e para os seus. Mas age como se não soubesse. Estado de direito é isso. No entanto o povo é e age de forma ignorante. Ou pelo menos finge ser. Muito embora não o queira ser.

Por essa razão é que o povo só merece educação de má qualidade. Educação de qualidade deixa o povo independente e crítico. O povo não é merecedor de um sistema de saúde de primeiro mundo. Sistema de saúde de qualidade diminuiria as filas nas portas dos gabinetes dos maus políticos. O povo merece estradas ordinariamente ruins porque estas financiam campanhas milionárias. O povo merece transporte coletivo em péssimas condições e às vezes nem transporte coletivo há. O povo não merece nada de qualidade porque aceita tudo de má qualidade. E ainda agradece.

Se o povo merecesse pelo menos respeito, teria o que lhe é garantido pela Lei maior. Mas o povo não tem nem o direito de questionar. Por que povo é povo e a este povo empurram-se tudo ou quase tudo de goela abaixo.

O povo merece ser enganado e representado por políticos corruptos sim. E não são os políticos os responsáveis por estarem exercendo mandatos públicos não. É o povo que é responsável. Esse povo que tanto reclama é quem os elege, reelege “reeelege”, “reeeelege”. E os “reeeeeeelegerão” sempre… Povo ignorante tem a memória curta.

E esse povo miserável ainda vive batendo palmas, feliz da vida como se vivesse no paraíso. E como se estivesse, através das palmas, tentando dizer: é sou pobre, miserável, mas sou e vivo feliz.

Mas esse povo não tem coragem de afirmar, embora tenha consciência disso: “É, sou e tenho o que mereço porque sou omisso”.

Enfim…acho impossível discordar desse artigo. Um exemplo claro é a Câmara dos vereadores de Santo André (SP). Convenhamos; a maioria dos atuais vereadores ninguém merece; melhor até parar por aqui e nem pensar em citar nomes ou comentar porque. Mas é fato.

Entretanto fica a pergunta: o que esse povo pensa da vida?

Não me interprete mal, porém, a população está pedindo pra se ferrar…

…paro por aqui, porque você que acompanha meus comentários políticos já sabe que não tenho papa na língua.

Pronto. Definitivamente dei os dois lados da face. Agora é sua vez. Comente aqui no “meu mundo” onde todos estão convidados a participar. Afinal, isso é uma rede e o espaço é meramente territorial.

Anúncios

2 Respostas

  1. Por mais omisso, não-político e apolítico que seja, o povo tem sim alguns flashs de inteligência. Um desses flashs foi eleger o presidente Lula. Embora não seja perfeito, longe disso, esse é o melhor governo que esse país já teve.

    Abs;

  2. Ótimo Valéria, é isso mesmo! Vou colocar no meu facebook, mas não se preocupe que coloco seu nome no final.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: