• Guilhoché…

    ...sinto-me como um ornato composto de traços ondeados que se cruzam e entrelaçam com simetria; tentando me redescobrir e me reinventar sem perder a essência. Com essa probidade, quero, aqui, manter em mim esse vento de espírito jovem, essa curiosidade infantil em relação ás coisas, essa espécie de encantamento em relação ao ser humano. Quero crer que somos muito maiores e mais interessantes que as barreiras que o mundo impõe e que os limites que a vida oferece. Acredito na transformação dos sentimentos e no melhor de cada um. Quero que minha inspiração esteja sempre afiada; colocando em harmonia instinto, alma, criatividade, percepção e uma dose de crítica, que pra mim funciona como uma espécie de veneno destilado. De certa forma, viver, também é seguir essa premissa. O veneno que me refiro é aquele acompanhado de uma grande quantidade de conhecimento, que servirá para discernirmos opiniões. Enfim, se você quer se redescobrir e compartilhar instantes, detalhes e informações; venha fazer parte do meu mundo!
  • Categorias

  • Twitter Valéria

    • WWF- Brasil shar.es/15OaIJ 1 year ago
    • Mamãe coruja...to babando!! 5 years ago
    • Gente Boa; só passei pra contar que o bebê é MENINO!! hEHEHE!! Agora, faltam 3 meses e meio...hahaha 6 years ago
    • Estaremos no Politicom com o tema "Marketing político e redes sociais"...hehehe!! 6 years ago
    • "O carvalho não cresce à sombra do cipreste, e o cipreste não consegue crescer à sombra do carvalho"... 6 years ago
  • Face Valéria Amoris

SAUDADE…

“Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche”.

Martha Medeiros

REFLEXÃO

PARA BIA

 

Bia, o Beni não está com um pingo de sono aí aproveitei pra ler enquando ele mama, novamente. Detalhe: já passam das 4h da matina…haha!! Me deparei com José Saramago e lembrei-me de você.

“Escrever é traduzir. Mesmo quando estamos utilizando a nossa própria língua. Transportamos o que vemos e o que sentimos para um código convencional de signos, a escrita…

…e deixamos às circunstâncias aos acasos da comunicação e a responsabilidade de fazer chegar à inteligência do leitor, não tanto a integridade da experiência que nos propusemos transmitir,…

…mas uma sombra, ao menos, do que no fundo do nosso espírito sabemos bem ser intraduzível, por exemplo…

…a emoção pura de um encontro, o deslumbramento de uma descoberta, esse instante fugaz de silêncio anterior à palavra que vai ficar na memória como o rasto de um sonho que o tempo não apagará por completo”.

Carinhosamente,
Val

AI, AI, VACINAS

A vacinação infantil é fundamental para evitar as doenças comuns da infância e diminuir a taxa de mortalidade infantil. Por isso que nós mamães mesmo com um aperto no coração e lágrimas nos olhos temos que ser fortes quando seguramos a perninha gorda do nosso bebezinho pra receber aquela agulhada. Nesse mês, o Beni tomou duas vacinas, uma pra meningite e outra pra pneumonia. Ou seja, as duas perninhas ficaram intocáveis e ele todo manhoso; afinal tão pequenininho e todo mês sendo “furado”…é de cortar o coração, visto que praticamente quase todas as vacinas costumam trazer tanto desconforto a ele.

Mas sei que é para o bem do meu garotinho e depois como dizem “melhor que ele chore agora do que eu daqui alguns anos”. Porém, eu choro junto com ele nesses momentos de dor. Tanto pelas agulhadas, quanto pelo cansaço. Ele fica sem dormir e febril, além de enjoadinho. Bom, nada que não superaremos amanhã; op’s, hoje se dormirmos o dia todo, afinal passamos a noite e a madrugada em claro. Tudo isso porque ele está lutando contra o sono até agora e, eu estou exausta (as olheiras me entregam).

Porém, aproveitei pra registrar esse momento que mesmo sendo dolorido realizamos com muito amor, já que é um ato de extrema importância a saúde dele. Vou tentar fazê-lo dormir imediatamente, pois está sendo vencido pelo cansaço.

Quanto a mim, fica claro o esforço de manter-me acordada e animada para falar com ele quando começa a resmungar…

…de qualquer maneira é gostoso ficar sentindo o corpinho dele sobre o meu e perceber que toda vez que o Beni acorda ele me cheira. Isso é encantador!!

Fico por aqui, afinal já são 05h30 da manhã.

Bom dia a todos!!

AMOR…

“O amor é uma fonte inesgotável de reflexão,

profunda como a eternidade, alta como o céu,

vasta como o universo”, Alfred de Vigny.

CONSEQUÊNCIAS

“O remorso é a única dor da alma, que nem a

reflexão nem o tempo atenuam”,

Madame de Stael.

AMOR DE MÃE

Beni e eu

“O amor de mãe por seu filho é diferente de qualquer outra coisa no mundo. Ele não obedece lei ou piedade, ele ousa todas as coisas e extermina sem remorso tudo o que ficar em seu caminho”.

Agatha Christie